O que significa Osu!

O que significa OSU ?

O SIGNIFICADO DO OSU!

Osu significa paciência, respeito, admiração, humildade e apreciação. Para desenvolver um corpo e espírito forte é necessário submeter-se a um rigoroso treino do Karate Seishin Kyokushinkai. Isto é necessário, porque você precisa se esforçar até o seu ponto limite, não deixando desanimar-se. Quando você alcançar este ponto, você precisa lutar contra si próprio e você ter a mente forte e o corpo sadio para poder vencer. Para isso precisa ser perseverante, mas acima de tudo precisa aprender a ser paciente. Isto é OSU! A razão para você se submeter a um treino duro é porque você se importa com você mesmo, e para se importar com você mesmo você tem que se respeitar. Este auto respeito evolui e se expande para se tornar respeitado pelo seu Sensei e colegas. Quando você entra no Dojo e diz”Osu”. Isso significa que você respeita o Dojo (Local de treino) e o tempo que você gastará treinando ali. Este sentimento de respeito é OSU! Durante o treino você se esforça o máximo porque você respeita você mesmo. Quando você acaba, você se vira para seu Sensei e colegas e diz”Osu”mais uma vez. Você faz isso com apreciação. Esse sentimento de apreciação é OSU.

No Karate Kyokushinkaikan, praticamente não existe outra palavra a não ser OSU, pois se você quer seguir os verdadeiros caminhos do Kyokushinkaikan, tem que abdicar de muitas outras coisas. Uma das inúmeras disciplinas que você irá aprender é a humildade, pois terá que sempre respeitar os seus superiores hierárquicos e tudo e a todos devem responder OSU. Caso comece a resmungar ou mesma a querer responder os seus superiores, ou até mesmo a questionar, então não está sendo coeso consigo mesmo e não está apto a tornar-se parte integrante da família Kyokushinkaikan.

OSU é tudo dentro do Kyokushinkaikan Karate, é a sua porta de entrada, a sua filosofia de vida, a sua glória, o seu respeito, enfim é a sua vida em prol do desenvolvimento do Kyokushinkaikan Karate.

A Palavra OSU caracteriza corretamente a essência do que a arte marcial Kyokushinkaikan tem a oferecer. A pessoa que é verdadeiramente capaz de manifestar o espírito do OSU em cada palavra, pensamento, ação, pode ser considerado como sábia e corajosa. O próprio treino inicialmente deve ser abordado no espírito do OSU. A nossa vida do dia-a-dia deveria ser vivida completamente no espírito do OSU. Não existiriam dúvidas, medos, nem preocupações na alma.

O espírito japonês é um espírito de perseverança. Se um ocidental pára com facilidade quando as coisas se complicam, o japonês simplesmente tem consciência de que tem que insistir.

Quando sofremos dores durante o treino, isso não deveria ser um sinal para parar, mas sim ser encarado como uma oportunidade de amadurecer através da perseverança.

Tudo o que é preciso é aquela determinação especial. Mesmo para quem tem falta de talento, mas tem determinação e vontade de continuar, a alma torna-se receptiva e o instrutor estará sempre a seu lado.

Não há lugar para o egoísmo no espírito de perseverança. Quando se encolhe de dor na maioria das vezes, é o ego que fica ferido, e não o corpo. A resistência do corpo é verdadeiramente espantosa. Histórias de resistências sobre-humana em tempo de necessidades são numerosas. Mas nós, se permitirmos que o ego fique ferido, então o corpo ficará fragilizado rapidamente e pára.

Ultrapassadas as fraquezas do seu coração, o oponente que está à nossa frente será insignificante.

OSU NO SEISHIN – O ESPÍRITO DA PERSEVERANÇA

Uma das filosofias mais importantes do Karate Kyokushinkaikan é a de sempre persistir. Se um homem pode persistir durante três anos, um praticante de Kyokushinkaikan facilmente aguentará dez anos.

Kyokushinkaikan é uma arte que oferece muito, de acordo com os objetivos a curto ou longo prazo. O praticante acaba por perceber que ultrapassar o que julgava ser o seu limite nas longas séries de repetição das técnicas proporciona um espírito especial. Isto o ensina a encarar as exigências do dia-a-dia com uma atitude madura e paciente. Golpes de adversidade não abalam facilmente o Budoka, que se apercebe que para se aproximar do seu potencial máximo é preciso um espírito de perseverança e nunca desistir. O primeiro indício deste espírito ocorre no novo praticante, quando ele decide libertar-se durante o treino e criar desafios em pequenas coisas, tais como: só mais uma flexão, só mais um salto, antes de desistir.

É neste humilde, mas vital início, que cresce o desejo de se desafiar a si próprio. Aprende-se a encarar o conjunto do Karate Kyokushinkaikan como um sério desafio e com que se pode aprender muito sobre a vida.

Um praticante desafia o Kata e esforça-se para compreender o espírito que o engloba. Um praticante enfrenta o seu oponente em Kumite (combate) e aprende que os pequenos hematomas são preocupações menores, em face de aceitar o desafio de si próprio. Em muitas Artes Marciais o Kumite tem pouco conceito de realidade, ou simplesmente não existe. Como é que se pode reagir em confiança numa situação para qual não fomos treinados? Poder ser muito educativo quando se dá um soco em alguém como se pensávamos ser um golpe final, e o oponente se mantém em pé com um sorriso no rosto? Como é que se pode realmente esperar lidar com êxito e maturidade com uma confrontação real sem o teste do verdadeiro kumite?

Esta força de caráter desenvolve-se em treino árduo e é conhecido como OSU NO SEISHIN. A palavra OSU vem de OISHI SHINOBU, o que quer dizer“PERSEVERAR ENQUANTO SE É EMPURRADO”. Isto implica disposição, de nos empurrar até o limite da resistência, de perseverar sob qualquer pressão. No seu mais profundo, a palavra torna-se ambígua, um apelo muito pessoal à alma de parar e lutar; e assim ultrapassar as fragilidades da condição humana, que são tão comuns a todos nós.