Bushido – Código de Honrados Samurais

Bushido – Código de honra do Samurai

                  

                          Myamoto Musashi

BU-SHI-DO significa literalmente Militar-Cavaleiro-Caminho, os princípios que os guerreiros devem observar, tanto em sua vida diária como na sua profissão; numa palavra: são os princípios do cavalheirismo, a nobre obrigação da classe guerreira. O Bushido é, portanto, o Código de Princípios Morais que os cavaleiros deviam ou aprendiam a observar.

Não é um Código escrito; consta apenas de umas poucas palavras que correram de boca em boca ou saíram da pena de algum grande guerreiro ou sábio. Com muita frequência é um Código não enunciado e nem escrito, que possui em troca, a poderosa sanção de factos verdadeiros, de uma lei escrita nas fibras do coração. Foi estabelecido não por obra de um cérebro criador, ou sobre a vida de um só personagem, por famoso que fosse. Foi o produto orgânico de décadas e séculos de experiência militar. No Japão, como na Europa, quando se inaugurou oficialmente o Feudalismo, a classe profissional dos guerreiros adquiriu uma posição saliente. Estes guerreiros eram conhecidos como “SAMURAIS” que significa literalmente guarda ou acompanhante.

Não tenho Pais, Faço do Céu e da Terra meus Pais.

Não tenho Lar, Faço do (1) Saika Tandem meu Lar.

Não tenho Poder Divino, Faço da Honestidade meu Poder.

Não tenho condutas, Faço da Humildade minha maneira de relacionamento.

Não tenho Poder Mágico, Faço da minha Personalidade minha magia.

Não tenho vida nem morte, Faço da eternidade a minha vida e a minha morte.

Não tenho Corpo, Faço da Coragem meu corpo.

Não tenho Olhos, Faço do Relâmpago meus olhos.

Não tenho Ouvidos, Faço da sensibilidade meus ouvidos.

Não tenho Membros, Faço da vivacidade meus membros.

Não tenho Leis, Faço da auto protecção minha lei.

Não tenho Projectos, Faço da Oportunidade meus planos.

Não tenho estratégia, Faço da Liberdade de matar e de ressuscitar minha estratégia.

Não sou um Prodígio, Faço do Respeito à verdadeira Doutrina meu milagre.

Não tenho Dogmas Rígidos, Faço da Adaptabilidade a todas as coisas o meu Princípio.

Não tenho Forma, Faço da Astúcia minha forma.

Não tenho Milagres, Faço da Justiça meus milagres.

Não tenho Táctica, Faço da rapidez minha táctica.

Não tenho amigos, Faço da Mente meu amigo.

Não tenho Inimigo, Faço da Imprudência meu inimigo.

Não tenho Armadura, Faço da minha sinceridade e rectidão minha armadura.

Não tenho castelo fortificado para me defender, Faço da minha sabedoria meu castelo.

Não tenho espada, faço da minha calma e silêncio espiritual minha espada.

(1) SAIKA TANDEM: ponto de equilíbrio do corpo humano, localizado quatro dedos abaixo do umbigo.

Aqui poderá ler o Livro do Samurai –  Hagakure (Folhas Ocultas): Hagakure.pdf (419,8 kB) 

Pode ainda ler o livro Bushido-The Soul of Japan de Inazo Nitobe: bushido.pdf (370,6 kB